segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Fábrica Robinson – Portalegre - Os Verdes e Ministra da Cultura com reunião já marcada para quarta-feira

No seguimento da denúncia feita pel´Os Verdes da demolição de um edifício, que funcionou como armazém de cortiça granulada, da fábrica Robinson em Portalegre, património classificado de interesse público, e de outras intervenções de gestão que têm vindo a acontecer e que o PEV considera lesivas à preservação e valorização daquele património como um todo e para o bem da cidade, Os Verdes vão ter, no quadro das reuniões bilaterais com o Governo, uma reunião com a Ministra da Cultura.


Esta é uma reunião de urgência, marcada para a próxima quarta-feira, dia 23 de janeiro – que poderá até ser antecipada - que servirá para abordar esta questão e ver a responsabilidade e as medidas que o Ministério vai tomar para dar cumprimento à Resolução da Assembleia da República. Na terça-feira, dia 29 de janeiro, o deputado de Os Verdes José Luís Ferreira, em visita ao Distrito, deslocar-se-á à Robinson.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Verdes Denunciam Crime Contra a Robinson – Património Industrial Corticeiro de Portalegre

Hoje chegou ao PEV uma denúncia, documentada pelas fotos em anexo, de que o Conselho de Administração da Robinson estaria a demolir (confirmado pelas fotos) um edifício da antiga fábrica Robinson, Património Industrial Corticeiro de Portalegre, classificado de interesse público que foi motivo de uma grande luta nacional de Os Verdes, nomeadamente através de uma ação junto do Presidente da República, do Ministro da cultura e na própria Assembleia da República, assim como uma petição nacional que levou à aprovação por unanimidade de uma Resolução Parlamentar que afirmava a vontade e urgência de salvar aquele património.





Em vez disso, o atual Conselho de Administração acaba de demolir um dos edifícios desse espaço, cuja parte do teto tinha sido afetada por uma derrocada, derrubando todo o edifício para cima das máquinas a vapor.

Os Verdes alertados para esta situação vão imediatamente tomar as medidas necessárias para junto do Ministério da Cultura e da DGPC (Direção Geral do Património e Cultura) e da própria polícia, onde pretendem entregar uma denúncia por Crime Contra o Património, previsto no Artigo 213º do Código Penal.

Mais ainda, desconhece-se a existência, no local, de qualquer edital de demolição, por isso o PEV vai exigir saber se a Câmara Municipal licenciou tal demolição.

sábado, 12 de janeiro de 2019

Ramal de Portalegre Inscrito no PNI 2030, Graças a Os Verdes

Graças à persistente luta travada e a uma firme negociação com o governo, o PEV conseguiu a inscrição do Ramal de Portalegre no PNI 2030 (Programa Nacional de Investimento).

Este investimento aparece inscrito no quadro do Programa de Eletrificação e Reforço da Rede Ferroviária Nacional com uma verba atribuída de 235 Milhões de Euros para a totalidade do Programa e permite atender não só ao Estudo de viabilidade do ramal, mas também ao Projeto.

A chegada do comboio a zona industrial, aproximando o comboio da cidade, deu mais um passo para se tornar realidade.


No entanto, o PEV não vai ficar de braços à espera que aconteça, mas vai continuar mobilizado e apelar a todos os Portalegrenses a continuarem ao nosso lado até à concretização desta obra.

O PEV está convicto que este Ramal é uma porta aberta para o desenvolvimento de Portalegre, tanto a nível de passageiros como de mercadorias, ligando a cidade ao Porto de Sines, Espanha e à Linha do Norte.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

8 e 9 de janeiro - Direção do PEV Visita as Pedreiras de Borba e Vila Viçosa

Uma delegação da direção nacional e da direção do coletivo regional de Évora do PEV, no seguimento do acompanhamento que tem feito às pedreiras de Borba e da proposta apresentada na Assembleia da República, logo após o acidente ocorrido, para a ida do Ministro à Comissão, visitará toda a zona de pedreiras de Borba e de Vila Viçosa, na próxima 4.ª Feira, dia 9 de janeiro a partir das 14h30m, com ponto de encontro na Praça do Povo, frente às portas do Castelo, em Borba.


Amanhã, dia 8 de janeiro, Os Verdes reunirão com a direção do Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Madeiras, Mármores e Cortiças do Sul e está solicitada uma reunião à Câmara Municipal de Vila Viçosa, a realizar oportunamente por falta de agenda nesta 4.ª feira.

Serão prestadas declarações à Comunicação social, após as visitas, cerca das 17:00H, na Praça do Povo, frente às portas do Castelo, em Borba.