segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Terça-feira - Dia 23 - Deputado de Os Verdes Visita Núcleos do Farol e dos Hangares

Amanhã terça-feira, dia 23, uma delegação do Partido Ecologista Os Verdes que integra o deputado à Assembleia da República José Luís Ferreira e dirigentes nacionais do PEV irão visitar núcleos do Farol e dos Hangares, a convite do Grupo de Moradores das Ilhas/ Movimento Não Às Demolições.

PROGRAMA DA VISITA

15h00 – O barco da carreira parte do cais "T" de Olhão levando a Comitiva dos Verdes rumo ao Núcleo do Farol (desembarque na última paragem);

15h45 - Chegada ao Núcleo do farol, seguida de Visita e contacto com os moradores.

O “Movimento não às demolições” acompanhará a comitiva numa visita a este núcleo, dando a conhecer no local como está a decorrer o processo das demolições e apresentando as famílias que desde o início lutam em tribunal para verem salvas as suas habitações.

Partida para o núcleo dos Hangares, através de barcos particulares dos moradores, com vista a conhecer o local.

Regresso ao núcleo do Farol, nos mesmos barcos particulares, para que a comitiva regresse a Olhão no barco da carreira que parte do Farol às 19 horas.

19h00- Partida do Farol rumo a Olhão.

Convidamos assim os senhores e senhoras jornalistas para acompanharem a visita de Os Verdes aos núcleos do Farol e dos Hangares, onde serão prestadas declarações à comunicação social.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Governo Confrontado pelo PEV No Plenário da AR Com a Necessidade de Construir o Ramal de Portalegre


No quadro do debate sobre Interioridade, decorrido hoje na Assembleia da República, a deputada Heloísa Apolónia de Os Verdes confrontou o Ministro Adjunto, com a necessidade urgente de construção do ramal de Portalegre, como um dos exemplos concretos e estratégicos para combater a interioridade.

A deputada considerou que, no momento em que está mais que comprovado, do ponto de vista científico, que as Alterações Climáticas vão afetar o Alentejo, o combate à interioridade nesta região passa por escolhas acertadas e como tal apontou como caminho errado e muito preocupante o olival intensivo , que como sabemos está a ganhar terreno, nomeadamente no sul do distrito, e como caminhos corretos o investimento e desenvolvimento da ferrovia, apontando o ramal de Portalegre como peça estratégica para ligação da capital do distrito ao porto de Sines, favorecendo a atração de empresas e a criação de postos de trabalho no concelho e distrito.

Na abertura da intervenção a deputada ecologista não deixou de apontar responsabilidades aos anteriores governos pelo estado de interioridade a que uma vasta área do país chegou, nomeadamente o Alentejo.



sábado, 6 de outubro de 2018

Monchique - Verdes Denunciam Existência de Animais Com Fome e Sede Após Incêndios

O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério do Ambiente, sobre a existência de muitos animais com sintomas de sede e fome, após o grave incêndio que este verão afetou os concelhos de Monchique e Silves.

Pergunta:

Têm chegado, ao Grupo Parlamentar do Partido Ecologista Os Verdes, vários relatos, segundo os quais, após o grave incêndio que este verão afetou os concelhos de Monchique e Silves, muitos animais, como raposas, veados e outros, incluindo um lince, têm vindo a surgir junto de propriedades na serra de Monchique com sintomas de sede e fome.

Face à área ardida na sequência desse incêndio, este cenário era espectável e mais que previsível, mas segundo os habitantes nada foi feito para proteger estes animais após a destruição do seu ecossistema natural.

Neste contexto, importa saber que medidas foram tomadas ou pondera o Governo desenvolver no sentido de minimizar os efeitos deste grave incêndio.

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Exª a Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte pergunta, para que o Ministério do Ambiente possa prestar os seguintes esclarecimentos:

1 – Tem o Governo conhecimento desta situação?

2 – Foi elaborado algum plano, através do ICNF ou outro qualquer organismo, para a manutenção e reposição dos ecossistemas, na serra de Monchique, afetados pelos incêndios?

3 – Se ainda não foram tomadas medidas face ao acima exposto que medidas vão ser tomadas e quando para resolver este grave problema?

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Os Verdes entregaram no Parlamento um Projeto de Resolução que visa garantir maior segurança nas autoestradas

Os Verdes entregaram hoje na Assembleia da República um Projeto de Resolução que visa que nas autoestradas, os nós de ligação, as áreas de serviço e as áreas de repouso sejam iluminados, bem como as pontes de especial dimensão e os túneis, por forma a garantir mais segurança aos peões e condutores.

Em 2012, quando o Governo procedeu à renegociação de vários contratos de concessão e subconcessões referentes às PPP’s do setor rodoviário, incluindo ex-SCUT’s, foram reduzidos os serviços e as ações de conservação das vias da competência dos concessionários.


Esta renegociação levou ao fim da iluminação na maioria dos nós de ligação, o que tem levado à contestação da população pela insegurança e pelo aumento do risco de acidente que esta medida acarreta. É para contribuir para a resolução desta situação que Os Verdes entregaram no Parlamento o Projeto em causa.

Leia aqui o texto completo do Projeto do PEV.

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

“COMBOIOS A ROLAR, PORTUGAL A AVANÇAR” - Hoje - Encerramento da Ação na Linha do Algarve

O Partido Ecologista Os Verdes lançou, no dia 28 de agosto, uma ação nacional em defesa do transporte ferroviário intitulada “Comboios a Rolar, Portugal a Avançar”, que percorreu semana a semana todo o País, terminando hoje, ainda no decorrer da Semana Europeia da Mobilidade 2018.

Para encerrar esta grande ação que percorreu as linhas ferroviárias nacionais, que necessitam de urgente intervenção, hoje, dia 21 de setembro, Os Verdes percorrerão a Linha do Algarve, a partir da estação ferroviária de Faro:

11h45 – Declarações à imprensa na estação de Faro:
12h22 - Saída de um grupo de ativistas Verdes no comboio, em direção a Lagos, com chegada às 14h08, onde se prestarão declarações à comunicação social; 
12h55 – Saída de outro grupo de ativistas Verdes no comboio, em direção a Vila Real de Santo António, onde chegarão às 14h05 e prestarão declarações à comunicação social.

Retorno da viagem de comboio, dos dois grupos de dirigentes e ativistas de Os Verdes até Tunes, com chegada às 16,11 h, onde ocorrerá um encontro com os órgãos autárquicos do Município de Silves (Câmara e Assembleia Municipal) e será feito um balanço à Comunicação Social, da viagem pela Linha do Algarve.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Amanhã - BEJA - “COMBOIOS A ROLAR, PORTUGAL A AVANÇAR”

O Partido Ecologista Os Verdes lançou, no dia 28 de agosto, uma ação nacional em defesa do transporte ferroviário intitulada “Comboios a Rolar, Portugal a Avançar”, que irá percorrer semana a semana todo o País, até ao fim da Semana Europeia da Mobilidade, a 22 de setembro.

Dando continuidade a esta ação nacional em defesa da ferrovia, amanhã, 13 de setembro, Os Verdes sairão de Lisboa – Oriente, no comboio das 9:02h, com destino a Beja, com chegada prevista às 11h21.


Em Beja, após a chegada, dirigentes e ativistas de Os Verdes reunirão com entidades e Autarquia de Beja, para debaterem as carências e debilidades do serviço ferroviário, que se sente na utilização deste meio de transporte, de acordo com o seguinte agendamento:

11h45 ---Reunião com Presidente do Instituto Politécnico de Beja (no Instituto)
15h ----Reunião com Associação de Defesa do Património de Beja
16h ---Reunião com Presidente da Câmara Municipal de Beja
17h30 ---Conferência de imprensa na Estação de Caminhos de Ferro de Beja.

Após o término da reunião na Câmara Municipal, previsto para as 17:30h, Os Verdes darão uma conferência de imprensa na Estação de Caminhos de Ferro de Beja, para a qual convidamos os Senhores e as senhoras jornalistas.

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Amanhã - ÉVORA “COMBOIOS A ROLAR, PORTUGAL A AVANÇAR”

Em Évora, após a chegada, dirigentes e ativistas de Os Verdes contactarão com a população, para debaterem as carências e debilidades do serviço de passageiros, que os utentes sentem na utilização deste meio de transporte.

Durante o período da tarde efetuarão reuniões com os órgãos autárquicos do Concelho de Évora, de acordo com o seguinte agendamento:

12h – Reunião com Presidente da Assembleia Municipal de Évora,
15h – Reunião com Presidente da Câmara Municipal de Évora.

Após o término da reunião na Câmara Municipal, previsto para as 16h, Os Verdes darão uma conferência de imprensa junto ao edifício da Câmara, para a qual convidamos os Senhores e as senhoras jornalistas.

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

“COMBOIOS A ROLAR, PORTUGAL A AVANÇAR” - Portalegre - Um ano depois, Os Verdes assinalam o regresso do transporte de passageiros à Linha do Leste e continuam a luta por mais comboios

Um ano depois, Os Verdes assinalam a reposição do transporte de passageiros à Linha do Leste entre o Entroncamento e Badajoz, com uma viagem de comboio.

Esta iniciativa terá lugar na próxima quarta-feira, dia 29 de agosto, e não visa apenas comemorar esta melhoria, para a qual Os Verdes deram um contributo inegável, mas também dar continuidade à luta exigindo a implementação de mais horários, e alargando a oferta de serviços, por forma a melhor servir a população e o desenvolvimento do distrito de Portalegre.


Esta viagem pela Linha do Leste integra-se numa campanha mais vasta em defesa da ferrovia que Os Verdes vão promover, intitulada "Comboios a Rolar, Portugal a Avançar", que terá início na terça-feira dia 28 de agosto, com uma visita ao Pólo Oficinal da EMEF e às áreas de parqueamento de material circulante inoperacional no Entroncamento, e que se prolonga até à Semana Europeia da Mobilidade.

Vimos convidá-los a participarem connosco na viagem no comboio na Linha do Leste, podendo juntarem-se no Entroncamento, ou em qualquer outra estação da linha, ou a comparecer nos locais onde serão feitas declarações à imprensa.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

16 e 17 de agosto - Defesa da Serra de S. Mamede contra os incêndios leva Os Verdes a reunir com entidades responsáveis

Depois do incêndio ocorrido há cerca de 10 dias e que dizimou as encostas de Marvão, Os Verdes ficaram ainda mais preocupados com os meios e condições existentes para prevenir e combater os incêndios na Serra de S. Mamede.

Perante esta situação, a direção nacional do PEV decidiu pedir uma reunião com carácter de urgência para abordar estas questões ao Parque Natural de S. Mamede, Câmara Municipal de Marvão e Comando Distrital de Operações de Socorro de Portalegre, de acordo com o programa que se segue:

Programa - 16 de agosto - HOJE

14.30h – Reunião com o Parque Natural de S. Mamede – Portalegre
16.30h – Reunião com a Câmara Municipal de Marvão – Marvão

Programa – 17 de agosto - AMANHÃ

10.00h – Reunião com CDOS de Portalegre (Rua Comandante José Maria Ceia, n.º 9 - Zona Industrial de Portalegre)

A delegação de Os Verdes fará uma conferência de imprensa amanhã, 17 de agosto, às 12.00h, no final da reunião com o CDOS, para dar conta do resumo desta jornada. Os Verdes estarão ainda disponíveis para declarações aos órgãos de comunicação social no dia de hoje, 16 de agosto, através do número 962 815 445 (dirigente nacional do PEV, Manuela Cunha).

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Os Verdes congratulam-se com a decisão do tribunal de Loulé de travar a licença de prospeção de petróleo

O Partido Ecologista Os Verdes congratula-se com a decisão de ontem do Tribunal Administrativo e Fiscal de Loulé ao deferir uma previdência cautelar exigindo a suspensão das operações de prospeção de hidrocarbonetos ao largo de Aljezur.

Esta é uma decisão que vem dar força à luta que Os Verdes têm travado sobre esta matéria e razão aos muitos movimentos e associações que se têm mobilizado por esta causa, movimentos que o PEV saúda e com os quais tem cooperado regularmente e contribuído para o reforço desta luta.

Os Verdes entendem que com esta decisão, o Governo tem a oportunidade de alterar a sua posição sobre esta matéria e refletir sobre a necessidade de inverter a sua linha de governação no sentido de deixar de ceder aos interesses do consórcio ENI-Galp e começar a colocar os interesses do país e de preservação da qualidade ambiental acima destes.

É uma oportunidade para o Governo promover a inversão de qualquer licença ou intenção de prospeção de hidrocarbonetos no nosso território.

Esta é uma luta que Os Verdes irão continuar a acompanhar e envidar todos os esforços para, de uma vez por todas, travar as intenções de prospeção e exploração de hidrocarbonetos no nosso país, condição necessária para se enveredar por uma opção energética renovável e sustentável e um futuro mais resiliente face às alterações climáticas.